NOTÍCIAS
Novidades Na Mídia

Engeform Engenharia e Sabesp assinam contrato para despoluição do Rio Pinheiros

Iniciativa faz parte de um programa do Governo do Estado de São Paulo junto com a Sabesp que terá investimento de cerca de R$ 1 bilhão

Fonte: Revista TAE

 

Em consórcio, a Engeform Engenharia assinou o contrato de performance referente às obras e serviços do lote “Córrego Alto Pirajuçara”, que contribuirá com a despoluição do Rio Pinheiros, um dos principais a banhar a cidade de São Paulo. Essa iniciativa é uma das prioridades do Governo do Estado de São Paulo junto com a Sabesp e faz parte de um programa com investimento de aproximadamente R$ 1 bilhão.

O projeto, que começará a ser executado nos próximos dias, incluirá a construção de mais de 27 quilômetros de coletores-tronco e 200 interligações de esgoto, ou seja, um sistema central de coleta, mais de 9 quilômetros de redes de esgoto, que encaminhará mais de 105 mil economias para tratamento na ETE Barueri.

Para que o contrato seja realizado com sucesso, o consórcio também desenvolverá um trabalho socioambiental com os moradores de parte da zonal sul da capital e dos municípios de Embu das Artes e Taboão da Serra, com cerca de 3,3 milhões de habitantes. A iniciativa terá como foco a educação e orientação à população sobre o contrato e seus benefícios, uma vez que essas famílias passarão a ter o esgoto de suas residências direcionado e tratado da forma correta.

Além de melhorar a condição sanitária das pessoas por meio de um sistema de esgotamento sanitário adequado, a obra contribuirá com a despoluição do Rio Pinheiros. Na região contemplada, as águas serão submetidas à medição por Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO), que avalia a quantidade de oxigênio consumida por microrganismos. Como esses seres vivos decompõem matéria orgânica no meio aquático, medir o volume de gás produzido com esse processo é uma maneira eficaz de analisar o nível de poluição existente.

Atualmente, o nível de DBO do local da obra é de cerca de 200 miligramas por litro. Após a execução do contrato e início das medições, a meta é obter menos de 75 miligramas por litro de água.

“Atuar em um projeto desse porte, que impactará significativamente a enorme população residente no sul da capital e a vida do Rio Pinheiros, é algo muito representativo para a Engeform. São esses formatos de trabalho que nos orgulham por conseguirmos aplicar a essência do nosso negócio, que é engenharia, alinhada ao nosso propósito de fazer a diferença na vida das pessoas”, destaca Eduardo Araújo, gestor Executivo de Negócios da Engeform Engenharia.

A parceria da Engeform com a Sabesp para a execução de contratos de grande importância para a sociedade, que figuram entre os principais do Brasil, é de longa data. Uma das últimas obras, também concretizada em consórcio, foi a transposição do Sistema Cantareira, que interligou as bacias hidrográficas de Jaguari e Atibainha, e foi fundamental para a resolução de uma das maiores crises hídricas do estado paulista. Vale mencionar ainda a construção da ETE Barueri, a maior estação de tratamento de esgotos do país.

Atualmente, para a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, a Engeform também está construindo uma nova adutora no extremo norte da capital, que beneficiará quase um milhão de pessoas; trabalhando na redução de perdas de água no centro da cidade e em Guarulhos; e realizando outros serviços de infraestrutura e atendimento à população em nome da concessionária.

COMPARTILHE
Confira outras notícias