NOTÍCIAS
Novidades Na Mídia

Como será o complexo de saúde

O novo hospital da cooperativa está perto de ser concluído, mas obras vão continuar com a reforma completa do hospital já existente e, ainda, a construção do edifício garagem

 

Fonte: Jornal NH

Com a conclusão da obra civil, prevista para o dia 30 , inicia a fase de equipagem e treinamento do corpo clínico, colaboradores e prestadores. Após, começa a reforma do hospital existente, além de seguir a construção do edifício garagem, ambos localizados no terreno ao lado. Quando tudo estiver pronto, a cooperativa estará realizando o ousado sonho de transformar toda essa estrutura no Complexo de Saúde Unimed Vale do Sinos.

Os prédios, juntos, vão oferecer 198 leitos de internação e observação, entre eles mais de 20 leitos de UTI adulto e 10 de neonatal, 10 salas cirúrgicas e uma infinidade de outros setores e serviços. Os dois hospitais estarão conectados por uma passarela e terão especialidades complementares, da pequena à alta complexidade. Será uma das estruturas de saúde mais modernas e completas do País, com equipamentos de última geração e centenas de profissionais trabalhando.

A previsão é de que as obras do prédio existente iniciem ainda este ano pelas áreas externas, passarela, guarita e setores de logística e manutenção. Após a inauguração do novo hospital, em 5 de março de 2021, começa a execução de obras nas áreas internas, incorporando ao prédio atual as características e conceitos arquitetônicos e de decoração empregados no novo. Como, por exemplo, elementos da linha hoteleira nos seus ambientes, considerando aspectos como conforto, ergonomia, segurança, bem-estar e individualidade.

O prédio vai abrigar leitos de internação para maternidade, centro obstétrico e UTI Neonatal, além de serviços de hemodiálise, endoscopia, oncologia e hemodinâmica. Ainda contará com centro de especialidades e agência transfusional/patologia. No subsolo serão alocadas áreas administrativas e de apoio. Auditório para até 120 pessoas e cafeteria também estão comtemplados no projeto. Na reforma do hospital atual, são mais 7.687 metros quadrados de área construída. O investimento chegará a R$ 60 milhões. O edifício garagem, com 9.624 metros quadrados, já está sendo erguido e terá quatro pavimentos cobertos e um descoberto, com 319 vagas. Serão investidos R$ 15 milhões. Em todo o complexo, serão 437 vagas.

O Complexo comtemplando o novo hospital, o hospital existente e o edifício garagem terá 38.931 metros quadrados de área. O investimento total está estimado em R$ 232 milhões.

COMPARTILHE
Confira outras notícias